terça-feira, 23 de março de 2010

Assim comecei meu dia.


Hoje o sol amanheceu esplendoroso em minha janela.
Nem branco, nem amarelo, magnífico!
Um dia pra ninguém botar defeito.,
Ao olhar para o longe, ví peruas kombs carregando a criançada da escola, o rapaz que vinha quase correndo, provavelmente para ganhar o pão do dia, a senhora carregando uma pesada sacola, sabe-se lá se de sonhos ou de esperanças.
Vi tambem ao longo da rua, em sentido subida par quem vai,descida para quem vem, um cachorrinho procurando algo no monte que o lixeiro estava preparndo para o caminhão levar, um casal: ela de amarelo, ele de azul, e logo atrás um garoto disperso entre o meio fio e as vitrines que já se punham.
Tudo isso vai se misturando ao barulho de carros e motos que vão e vem nessa rua de subida e descida,de todos e de ninguem, que aos poucos vai se movimentando rápidamente e já são muitos, os que nela transitam.
Assim comecei meu dia.

0 comentários:

Postar um comentário